Homem põe fogo em Nova Iorque tentando imitar programa de TV

O incêndio destruiu quase duas dúzias de edifícios

De acordo com as autoridades locais, o acidente foi provocado por um homem que aparentemente estava tentando imitar algo que viu na TV.

O incêndio foi em Albany, uma cidade ao norte do estado de Nova Iorque.

''É o pior desastre que a cidade já viu''. disse o prefeito Shawn Mendes.

O Times Union de Albany informou que 3 edifícios foram destruídos, outros 18 foram danificados, e pelo menos 20 pessoas foram deslocadas. A cidade está sob estado de emergência.

O culpado do incêndio, John Gomes, de 51 anos, aparentemente estava tentando dobrar o metal em uma tentativa de imitar a série do History Channel ''Forged in Fire'', quando o fogo em seu quintal se espalhou rapidamente.

Ele se declarou inocente do crime, e foi preso sob fiança de $15.000,00 dólares.

''Esse incêndio causou um dano de milhões de dólares e destruiu a metade do nosso centro'' disse Morse.

O incêndio foi controlado cerca de três horas após o início, mas uma hora depois voltou a aparecer.

Um bombeiro foi levado ao hospital com lesões leves. 

Fontes:
https://www.cbsnews.com/news/cohoes-fire-inferno-sparked-by-amateur-bladesmith-mayor-says/

AEROPORTO MAIS ”INÚTIL DO MUNDO” REALIZA SEU PRIMEIRO VOO

Aeroporto fica na ilha Santa Helena, localizada entre Brasil e litoral africano

Santa Helena é uma ilha britânica próxima a Angola, no oceano Atlântico. Tem uma população de 4.500 pessoas e é mais conhecida por ser onde Napoleão Bonaparte morreu. 

Mas ultimamente tem se destacado por ter ''o aeroporto mais inútil do mundo''. 

Se fala em ter um aeroporto na ilha desde 1930, mas sempre houve um excesso de barreiras, desde questões com o terreno rochoso ao impacto ambiental. Mesmo quando um local adequado foi achado, houve um custo de 285 milhões de libras para instalação

Quando o aeroporto foi concluído ano passado, a abertura foi adiada por medos de segurança. Isso resultou no apelido que a ilha recebe hoje.

Após ter todos os problemas resolvidos, o aeroporto fez seu primeiro voo comercial, com 68 pessoas a bordo, desembarcados com segurança.

Os moradores esperam que a ilha fique mais atraente para turistas.

A governadora Lisa Phillips disse depois: ''Eu vi as manchetes sobre ser o aeroporto mais inútil do mundo, mas para St Helena ele é o mais útil''. E finaliza ''Não tem preço''.

Fontes:
http://fortune.com/2017/10/16/worlds-most-useless-airport-opens/

27 cidades ao redor do mundo onde empregos são abundantes e aluguéis são acessíveis

Foi observado o custo das necessidades(cerveja inclusa) e valores estão atualizados em dólares americanos desde novembro

A InterNations, um guia global, reuniu uma lista das melhores cidades para viver no exterior depois de uma pesquisa com 7.985 pessoas em mais de 40 países. 

Aqui listamos as 10 primeiras cidades, mas as outras em respectiva ordem são:  Cidade do México, México - Muscat, Omã - Budapeste, Hungria - Auckland, Nova Zelândia - Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos - Cidade de Luxemburgo, Luxemburgo - Dubai, Emirados Árabes - Berlim, Alemanha - Haia, Países Baixos - Hamburgo, Alemanha - Seul, Coreia do Sul - Viena, Áustria - Zurique, Suíça - Munique, Alemanha - Kampala, Uganda - Cape Town, África do Sul  e Estocolmo, Suécia.

  • 10- Frankfurt, Alemanha

Custo de vida em comparação com New York: 21,2% mais baixo

Por mês

Aluguel: $1.059,52 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $242,30

Passagem: $101,23

Cappuccino: $3,28

Cerveja Nacional: $4,67

  • 9- Basel, Suíça

Custo de vida em comparação com New York: 29,9% mais baixo

Por mês

Aluguel: $1.351,15 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $208,64

Passagem: $80,30

Cappuccino: $5,29

Cerveja Nacional: $8,03

  • 8- Bangkok, Tailândia

Custo de vida em comparação com New York: 45,8% mais baixo

Por mês

Aluguel: $636,70 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $83,45

Passagem: $30,25

Cappuccino: $2,18

Cerveja Nacional: $2,01

  • 7- Joanesburgo, África do Sul

Custo de vida em comparação com New York: 56,9% mais baixo

Por mês

Aluguel: $480,83 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $68,83

Passagem: $34,50

Cappuccino: $1,67

Cerveja Nacional: $2,07

  • 6- Barcelona, Espanha

Custo de vida em comparação com New York: 34% mais baixo

Por mês

Aluguel: $990,58 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $153,77

Passagem: $58,35

Cappuccino: $2,00

Cerveja Nacional: $3.27

  • 5- Amsterdã, Holanda

Custo de vida em comparação com New York: 16,1% mais baixo

Por mês

Aluguel: $1.646,41 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $179,19

Passagem: $104,92

Cappuccino: $3,18

Cerveja Nacional: $5,25

  • 4- Kuala Lumpur, Malásia

Custo de vida em comparação com New York: 55,6% mais baixo

Por mês

Aluguel: $540,08 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $52,45

Passagem: $29,85

Cappuccino: $2,53

Cerveja Nacional: $3,58

  • 3- Madri, Espanha

Custo de vida em comparação com New York: 35,2% mais baixo

Por mês

Aluguel: $919,92 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $138,04

Passagem: $63,65

Cappuccino: $1,97

Cerveja Nacional: $3,26

  • 2- Praga, República Tcheca

Custo de vida em comparação com New York: 49,5% mais baixo

Por mês

Aluguel: $703,08 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $184,45

Passagem: $25,09

Cappuccino: $2,12

Cerveja Nacional: $1,60

  • 1- Manama, Bahrein

Custo de vida em comparação com New York: 42,1% mais baixo

Por mês

Aluguel: $940,43 por um quarto no centro da cidade

Utilitários: $84,00

Passagem: $39,74

Cappuccino: $4,59

Cerveja Nacional: $9,27

Fontes:
http://www.businessinsider.com/best-places-to-live-world-cities-expats-living-abroad-2017-11/?utm_content=buffer87d85&utm_medium=social&utm_source=twitter.com&utm_campaign=buffer/#27-stockholm-sweden-1


Padre católico Irlandês apela para os Cristãos abandonarem a palavra Natal e Páscoa

Decisão vem depois de rede de padarias utilizarem uma enroladinho de salsicha no lugar de menino jesus em presépio

Segundo o padre o que chamamos de Páscoa e Natal tiveram seus significados sequestrados pelo “Papai Noel e a Rena”

Os comentários do Padre, de nome Desmond O’Donnel seguem, a polêmica que se seguiu após uma rede de padarias do Reino Unido substituir o menino Jesus do presépio por um enroladinho de salsicha.

Segundo o sacerdote, devemos abandonar as palavras completamente pois os significados foram sequestrados e devemos aceitar essa realidade.

Registrado como psicólogo e autor, além de padre de Oblate, Irlanda,  O'Donnel afirma estar resgatando o significado das datas buscando novos termos para defini-las e assim impedir, que, segundo ele, a secularização desgaste ainda mais a imagem da igreja.

Fontes:
https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2017/nov/18/irish-catholic-priest-urges-christians-to-abandon-the-word-christmas
https://www.theguardian.com/business/2017/nov/15/greggs-nativity-jesus-sausage-roll-advent-calendar

Explorador Benedict Allen da BBC é encontrado vivo em selva na Papua Nova Guiné

Família pediu resgate após o homem de 57 anos desaparecer procurando tribo indígena
Última foto postada no Twitter antes de ir pra Papua Nova Guiné

Benedict estava procurando uma tribo indígena, totalmente reclusa, que foi descoberta por ele há apenas 30 anos.

De de acordo com ele, são as últimas pessoas que não estão em contato com o mundo interligado.

Após uma postagem intitulada ''Pode levar um tempo'', um helicóptero o deixou sem telefone via satélite ou GPS, e de acordo com sua agente Joanna Sarsby, ele nunca os levaria já que acredita em viver como os locais.

Ele deveria retornar  no final à Port Moresby, capital do país, de onde viajaria para Hong Kong quando não apareceu.

Mesmo sendo um explorador altamente apto e experiente, sua esposa estava ''muito precupada'', pois ''ele não voltar era realmente estranho''. 

Após o pedido de resgate, Benedict foi encontrado ''vivo e bem'', depois de ter sido visto perto de uma pista de pouso, mas sem muitas informações do que aconteceu com ele no período.

 

 

Fontes:
http://metro.co.uk/2017/11/16/missing-explorer-benedict-allen-seen-alive-and-well-in-papua-new-guinea-7083483/#item-attachment_7083486


Budweiser, Mastercard: como 4 grandes empresas reiventaram suas marcas

Quais estratégias usadas e como foi a percepção do público
Mastercard antes e depois da mudança,

Quando uma companhia anuncia a mudança de sua logomarca, costuma fugir aos olhos do público que não se trata apenas disso, mas de uma renovação da marca que pode ser vista como boa ou ruim para o consumidor.

 

  • Budweiser

Fortemente associada ao ''Sonho Americano'', sua nova logo quis expressar o espirito do caminho duro que levou a marca como realeza de bebidas no mundo.

  • Mastercard

Para sua nova identidade, a Pentagram, empresa responsável do novo design, focou na evolução da logo desde os anos 1960, adicionando cuidadosamente uma paleta de cores que '' pareça reluzente de diferentes ângulos''.

  • Airbnb

Tendo como inspiração a cultura do Airbnb, a empresa responsável fez um profundo processo de imersão no qual quatro membros ficaram em treze cidades, testando o serviço para entender o conceito da marca, resultando uma identidade limpa com os valores-chave da empresa.

  • McDonalds

A agência Boxer, do Reino Unido e encarregada de repaginar a icônica logo, imprimiu um ar mais fresco, com o tipo robusto em uma paleta de cores vibrantes na inconfundível embalagem da empresa com arcos dourados.

Fontes:
https://www.creativeboom.com/inspiration/20-of-the-best-rebrands-that-got-it-right/


+ Links
(function() { var zergnet = document.createElement('script'); zergnet.type = 'text/javascript'; zergnet.async = true; zergnet.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https:" : "http:") + '//www.zergnet.com/zerg.js?id=60278'; var znscr = document.getElementsByTagName('script')[0]; znscr.parentNode.insertBefore(zergnet, znscr); })();

Explorador britânico desaparece na selva infestada de crododilos fazendo documentário para a BBC

Um explorador britânico - que já chegou a comer o próprio cachorro - está desaparecido depois de ir para um selva remota atrás de uma tribo de caçadores de cabeça na Papua Nova Guiné.

Benedict Allen estava produzindo um documentário para a BBC e não fez mais contado após desembarque de um helicóptero no meio da selva, três semana atrás.

Falando hoje ao programa BBC Radio 4, sua esposa e família expressavam preocupação com o bem estar do aventureiro de 57 anos.

O aventureiro deveria ter iniciado sua jornada de volta para casa no último sábado, mas até o momento não há sinal dele.

Allen - pai de três - estava procurando o furtivo povo Yaifo quando desapareceu. Ele conheceu a tribo pela primeira vez  há 30 anos e estava tentando contata-los novamente para fazer um documentário para a BBC

Allen preocupou seus agentes quando não compareceu em um vôo agendado previamente em  Honk Kong, China.

Allen é um explorador experiente, já fez seis séries para a BBC e uma vez chegou a comer seu cachorro para sobreviver perdido na Amazônia Brasileira.

O jornalista Frank Gardner, amigo de Allen, disse que, apesar do explorador ter adentrado na selva sem telefone ou GPS, ele está certo que seu amigo está bem.

Fontes:
http://www.dailypost.co.uk/news/uk-world-news/explorer-benedict-allen-jungle-lost-13904032

+ Links
(function() { var zergnet = document.createElement('script'); zergnet.type = 'text/javascript'; zergnet.async = true; zergnet.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https:" : "http:") + '//www.zergnet.com/zerg.js?id=60278'; var znscr = document.getElementsByTagName('script')[0]; znscr.parentNode.insertBefore(zergnet, znscr); })();