Adolescente quase morre e fica paralisado após engolir caracol que causou grave infecção cerebral

Esses caracóis que são uma praga no Brasil gostam de ambientes quentes, úmidos e com sombra, ou seja, o quintal da sua casa e terrenos abandonados são os lugares de reprodução.

Aceitando o desafio de comer uma lesma de jardim, Sam Ballard um  jogador de rugby da Austrália teve consequências devastadoras, que levou a uma infecção parasitária que causou uma grave doença cerebral, o deixando paralisado do pescoço para baixo.

Na época do acidente que ocorreu em 2010, Sam tinha 19 anos.

Ele estava carregando o parasita Angiostrongylus Cantonesis, que pode estar em um caracol, mesmo que você vê no seu jardim ou na rua. 

Esses parasitas geralmente contaminam ratos, mas durante os estágios iniciais no ciclo de vida, eles podem ser carregados por caracóis que comem fezes de ratos, podendo infectar pessoas que o consumiram.

No caso de Sam, causou uma grave infecção cerebral que o deixou de coma por 420 dias.  Acordou paralisado e só foi liberado do hospital três anos depois. 

Sam continua paralisado, e requer grandes cuidados. Apesar do caso ter alguns anos, voltou às notícias após seu pacote de benefícios do seguro na Austrália ser cortado.

O parasita que é vulgarmente conhecido como pulmão de rato, também pode infectar sapos, caranguejos e camarões de água doce, que podem infectar pessoas que consumirem esses animais crus ou mal cozidos. 

O caracol infectado com o Angiostrongylus Cantonensis transmite a meningite eosinofílica. O ser humano participa do ciclo como um “hospedeiro acidental” do verme, ao ingerir alimentos que estejam contaminados por meio do contato com a secreção do animal.

Se você se deparar com desses na sua casa, o controle restringe-se basicamente,  a catação manual periódica desses animais e dos ovos (proteção das mãos com uso de luvas ou sacos plásticos) e posterior eliminação, preferencialmente por incineração. Pode-se também coletar os caramujos e posteriormente esmagá-los e enterrá-los, acrescentando uma colher de cal virgem para evitar a contaminação do solo.

Fontes:
https://www.livescience.com/61957-teen-paralyzed-after-eating-slug.html