Casal acha filha desaparecida desde 1994

"Não consigo descrever a esperança, a desilusão e o desespero que vivemos ao longo de 24 anos. Agora podemo-nos encontrar, finalmente", disse o pai.

Na China, em 1994 Wang Mingqing e a mulher Liu Chengying estavam vendendo frutas quando a filha Qifeng de apenas 3 anos desapareceu.   “Foram apenas cinco minutos e depois a minha filha foi-se embora”, recordou Mingqing.

Após o acontecido, o casal começou uma busca sem fim pela filha, e durante anos mantiveram contato com autoridades, espalharam cartazes com o rosto da menina, além de visitar hospitais e orfanatos á procura de  Qifeng.

Em 2015 Mingqing decidiu se tornar taxista para divulgar o caso a um numero maior de pessoas. 

Distribuiu milhares de panfletos, além de falar sobre o desaparecimento da filha pedindo para divulgarem o caso nas redes sociais.

Assim, história começou a repercutir e um retratista da polícia que ficou sabendo do caso decidiu ajudar desenhando um retrato de Qifeng com traços adultos.

Quando a imagem começou a circular pelas redes sociais,  Kang Ying que estava do outro lado do país ficou surpresa por se parecer tanto com a mulher do retrato e entrou em contato com o taxista que constatou traços semelhantes, inclusive uma cicatriz na testa.

Antes outras mulheres foram identificadas pela polícia, mas os testes de DNA não batiam.

Depois de testes, para a felicidade do casal, ficou provado que Kang Ying (Qifeng) era mesmo a filha desaparecida.

“A partir de agora, o pai está aqui. Não precisas de te preocupar com nada. O pai vai ajudar-te”, disse Mingqing na primeira vez que falou com a filha através de uma ligação via Messenger.

De acordo com a imprensa chinesa, a menina foi adotada por uma família e mudou de nome. “O mundo inteiro dizia-me que não tinha mãe, mas eu tenho”, disse Kang Ying ao site chinês The Cover.

 

Fontes:
https://www.dn.pt/mundo/interior/taxi-ajudou-a-encontrar-filha-desaparecida-ha-24-anos-9230552.html