Dinossauros foram azarados

Azarados, o impacto teria somente 13% de chance de desencadear uma extinção em massa.
Asteróide caiu em uma região com a quantia correta de hidrocarbonetos para provocar o bloqueio solar.

Uma nova pesquisa sobre o evento apocalíptico determinou que o asteróide teria 1 chance em dez de desencadear a extinção em massa.
A região da Peninsula do Yucatan, México, onde ocorreu o impacto continha a quantidade suficiente de  óleo cru e hidrocarbonetos para entrar em combustão.

Kumio Kaiho em um artigo na última edição de Scientific Reports determinou que há 60 milhões de anos atrás, apenas 13% da superfície terrestre continha material para gerar fuligem suficiente para matar 75% da vida na terra.

Felizmente para nós, as chances do desastre acontecer novamente, no caso de um novo impacto continuam em 13%.

Fontes:
https://www.theatlantic.com/science/archive/2017/11/the-extinction-of-the-dinosaurs-was-very-unlikely/545378/

https://www.popsci.com/dinosaur-asteroid-extinction-location-unlucky

http://canadajournal.net/science/dinosaurs-survived-asteroid-researchers-say-59236-2017

+ Links
(function() { var zergnet = document.createElement('script'); zergnet.type = 'text/javascript'; zergnet.async = true; zergnet.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https:" : "http:") + '//www.zergnet.com/zerg.js?id=60278'; var znscr = document.getElementsByTagName('script')[0]; znscr.parentNode.insertBefore(zergnet, znscr); })();

Caranguejos gigantes atacando passaros são capturados em vídeo pela primeira vez

Eles crescem até o tamanho de cachorros. Eles escalam árvores e abrem cocos com as garras. E finalmente, foi obtida em vídeo evidência de que eles podem escalar árvores e atacar pássaros em seus ninhos.

Um caranguejo-dos-coqueiros gigante foi filmado caçando, matando e devorando um pássaro marinho. É primeira vez que estes são vistos tendo este comportamento e sugere que estes animais reinem no topo da cadeia alimentar destes ecossistemas. 

O caranguejo-dos-coqueiros  (Birgus latro) pode pesar até 4 kgs e desenvolver pernas de até um metro de comprimento. Isto o faz o maior animal invertebrado terrestre. O caranguejos vivem nos atóis tropicais do Oceano Pacifico e Índico. 

Entre janeiro e março de 2016, Mark Laidre do Dartmouth College de New Hampshire, Reino Unido, visitou o arquipélago de Chagos, umas série remota de atóis no Oceano Índico.

Uma noite, Laidre viu um caranguejo gigante escalar uma árvore e começou a filmar. O caranguejo atacou um pássaro marinho que estava dormindo no ninho perto do chão. Com um ataque certeiro, o caranguejo pinça e quebra a ponta da asa do pássaro o derrubando no chão.

Suas garras podem gerar até 100 vezes a massa de seu corpo, ou seja, quase meia tonelada de força no caso de um espécime de 4 kgs.

Após isso o caranguejo gigante quebra a outra asa do pássaro ao que outros cinco caranguejos aparecem e trucidam o pássaro em uma cena grotesca, testemunhada por Laidre.

Fontes:

http://www.timesunion.com/news/article/These-crabs-can-grow-up-to-3-feet-and-hunt-birds-12350029.php

https://www.newscientist.com/article/2152805-giant-coconut-crab-sneaks-up-on-a-sleeping-bird-and-kills-it/

https://www.theguardian.com/science/2017/nov/10/giant-coconut-crab-seen-hunting-birds

http://www.ibtimes.co.uk/video-giant-coconut-crab-hunting-killing-seabird-goes-viral-1646941

 

+ Links
(function() { var zergnet = document.createElement('script'); zergnet.type = 'text/javascript'; zergnet.async = true; zergnet.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https:" : "http:") + '//www.zergnet.com/zerg.js?id=60278'; var znscr = document.getElementsByTagName('script')[0]; znscr.parentNode.insertBefore(zergnet, znscr); })();

Sexo Mata?

Ciência desvenda as chances de morrer durante o sexo

Cena comum nos melodramas, morrer durante o sexo não parece ser um evento comum.

De acordo com estudo do Cedars-Sinai Heart Institute, apesar de, na média, ataques cardíacos contarem com apenas 10% de sobreviventes, quando estudados os registros de ataques cardiácos ocorridos em Portland, Oregon, EUA, entre 2002 e 2015,  de 4.557 registros apenas 34 ocorreram durante a atividade sexual. Um percentual de apenas 0.7%

Entretanto homens são muito mais propensos, quando isoladas por gênero, apenas 0,1% dos casos de ataque cardíacos ocorrem em mulheres em oposição à 1% nos homens.

Fontes:
https://consumer.healthday.com/sexual-health-information-32/sex-health-news-603/does-sex-really-trigger-cardiac-arrest-728377.html
http://nationalpost.com/news/world/when-sex-is-heart-stopping-lovers-reluctant-to-perform-cpr-study
http://edition.cnn.com/2017/11/12/health/sex-sudden-cardiac-arrest-study/index.html
+ Links
(function() { var zergnet = document.createElement('script'); zergnet.type = 'text/javascript'; zergnet.async = true; zergnet.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https:" : "http:") + '//www.zergnet.com/zerg.js?id=60278'; var znscr = document.getElementsByTagName('script')[0]; znscr.parentNode.insertBefore(zergnet, znscr); })();

Super carro, Dodge Demon, chega aos lojistas americanos envolto em controvérsia

Revista pede banimento do carro por representar perigo iminente no trânsito.
Fiat Chrysler Automobiles começou a enviar para as lojas os primeiros Dodges Challenger SRT Demons. De produção limitada, o motor de 6.2 litros com 8 clindros em V entrega 840 cavalos de potência. O primeiro dragster de rua legalizado, atraiu a ira da revista especializada Automotive News que pediu o banimento do bólido das ruas, certificado como o carro mais rápido do mundo no quarto de milha pela National Hot Rod Association. Segundo a revista, o carro é inerentemente perigoso ao trânsito das ruas por suas características, como pneus no limite da regulamentação legal e capacidade de aceleração massiva. De qualquer maneira, são planejadaas a fabricação de somente 3000 unidades ao preço inicial de 279 mil reais.
Fonte: USA Today
+ Links
(function() { var zergnet = document.createElement('script'); zergnet.type = 'text/javascript'; zergnet.async = true; zergnet.src = (document.location.protocol == "https:" ? "https:" : "http:") + '//www.zergnet.com/zerg.js?id=60278'; var znscr = document.getElementsByTagName('script')[0]; znscr.parentNode.insertBefore(zergnet, znscr); })();